Alimentação

Você sabia que uma alimentação com comida caseira pode trazer problemas à saúde dos pets?

Muitas vezes, por um ato de carinho e por ter os cães e gatos como parte da família, pensamos que alimentá-los com uma dieta igualzinha à nossa possa ser mais benéfico para eles ou até mesmo mais fácil. Mas não é tão simples como parece.

Uma dieta nutricionalmente balanceada é essencial, tanto para a nossa saúde quanto para a de nossos pets. Uma dieta caseira destinada aos cães ou gatos, quando não formulada de maneira correta, oferece riscos para a saúde deles, por não atenderem às recomendações de nutrientes essenciais, principalmente de proteínas (aminoácidos), gorduras, minerais e vitaminas. Outro ponto importante, é que estudos recentemente publicados vêm alertando sobre receitas caseiras prontas, encontradas na internet que logo ao serem investigadas, mostraram que não atendem aos níveis recomendados de todos os nutrientes avaliados. 

As necessidades de nutrientes de cães e gatos são estabelecidas por meio de muitos estudos científicos e os valores entre os níveis mínimo e máximo recomendados representam uma faixa segura e adequada de ingestão, que pode variar de acordo com o nutriente em questão, a espécie animal e a composição da dieta. Mas a composição nutricional da dieta de cães e gatos é naturalmente diferente da humana e torna-se muito importante reconhecer particularidades e considerá-los como espécies que têm suas próprias necessidades de nutrientes e outras preferências alimentares. Podemos lembrar que nossos cães descendem de lobos e nossos gatos de felinos selvagens, que caçavam para a sobrevivência e consumiam presas inteiras, atendendo as suas preferências e necessidades nutricionais.

Com isso, fica mais fácil entender que, embora eles possam aceitar a maioria dos alimentos que oferecemos, não seria uma alternativa mais saudável para os pets. O ideal é não extrapolarmos a alimentação dos cães e gatos no nosso dia a dia e não generalizarmos que todo alimento caseiro é melhor do que um alimento industrializado de qualidade, fabricado especificamente para eles. Ao dividirmos com nossos animais de estimação apenas uma carne magra, como o peito de frango, e mais alguns vegetais, nos esquecemos que eles precisam de mais nutrientes do que isso, e que antes, eles adquiriam todos os nutrientes necessários por meio da caça, consumindo não só músculos, mas também vísceras, cérebro e ossos das presas. Por isso, uma receita precisa ser trabalhada e balanceada. Além de muitos alimentos que consumimos serem tóxicos para eles, como cebola e alho.

É comum notarmos a indicação de uma dieta caseira principalmente aos pets que possuem diminuição do apetite. Contudo, independente do objetivo do oferecimento, é necessário que a dieta caseira seja prescrita por um profissional treinado, um veterinário ou zootecnista especializado em nutrição, para evitar desequilíbrios nutricionais, garantir qualidade de vida, aumentar a longevidade e garantir a saúde dos nossos pets.

É importante lembrar que é um mito afirmar que as rações para cães e gatos não são boas opções ou que fazem mal a saúde. Ao contrário, sabe-se que o alimento industrializado feito com qualidade vêm beneficiando a longevidade desses animais, além do ambiente higienizado que vivem e os cuidados veterinários regulares como vermífugos, vacinas. Assim, compreende-se que muitas doenças próprias da senilidade do organismo têm se tornado mais evidentes e estão relacionadas ao maior cuidado, tecnologias de diagnóstico e à maior expectativa de vida deles, assim como a nossa. 

Com o passar dos anos, as indústrias têm trazido cada vez mais praticidade aliada à saúde, pois:

  • Optam por ingredientes mais naturais, garantindo composições balanceadas e seguras;
  • Os níveis nutricionais são estabelecidos para cada espécie;
  • São enriquecidos com muitos nutrientes funcionais;
  • Contam com fórmulas estabilizadas com antioxidantes naturais;
  • Os ingredientes são selecionados, misturados e passam por um processo controlado de cozimento chamado de extrusão, que pode ser considerado natural, seguro e mantém os aspectos nutricionais mais importantes.

Este processo de preparo é muito comum em alimentos que consumimos, como o macarrão. Além disso, recebe vapor, igual ao cozimento de legumes que fazemos. Deste modo, fica evidente que o alimento industrializado pode deixar nosso pet bem nutrido pelo correto balanceamento em relação aos nutrientes essenciais, qualidade de ingredientes e cozimento controlado, além de oferecer sabor e segurança alimentar evitando contaminações.

Fique por dentro dos novos conteúdos do nosso blog

Deixe uma resposta

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Relacionados