AlimentaçãoDicas

Dicas para a alimentação de cães e gatos filhotes

Os cães e gatos filhotes necessitam de um cuidado especial na alimentação desde a hora do nascimento até ele se tornar um animal adulto.

Abaixo você encontra algumas dicas para a boa alimentação do seu filhote:

1.   Após o nascimento, durante as primeiras 24 ou, no máximo, 36 horas, tanto o cão como o gato recém-nascidos necessitam ingerir o colostro. O colostro é um tipo especial de leite produzido pela mãe logo após o parto, que, além de nutrir e hidratar, proporciona imunidade e resistência contra doenças aos filhotes recém-nascidos.

2.   A mãe deve incentivar os filhotes a mamar assim que nascem; se isso não ocorrer, uma pessoa deve fazer esse papel e colocar cada filhote próximo às mamas, encorajando-os a mamar. É muito importante verificar se os filhotes estão consumindo o colostro, pois filhotes que não o ingerem podem apresentar imunidade deficiente. O colostro produzido vai, gradativamente, mudando sua composição, até transformar-se em leite. O leite da mãe possui proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais suficientes para nutrir o neonato;

3.   A erupção dos dentes ocorre entre o 21º e o 31º dia, por isso, a introdução de alimentos sólidos ou semi-sólidos para os filhotes deve ser feita durante a 4ª semana de idade. Pode-se utilizar ração úmida (enlatada) ou ração seca amolecida em água morna. Deve-se oferecer o alimento aos filhotes várias vezes ao dia;

4.   Quando os filhotes já estiverem comendo sozinhos, deve-se sempre oferecer também água limpa para beber, mesmo que ainda estejam mamando;

5.   Normalmente, os cães aprendem a comer sozinhos mais cedo que os gatos. A partir da 5ª semana, recomenda-se a introdução de ração seca, obrigando-os a mastigar, o que resulta em melhor desenvolvimento da arcada dentária. Utilizando esse manejo nutricional, o desmame ocorre gradativamente, tornando menos estressante a mudança do filhote para um novo lar;

6.   Para que ocorra um ótimo desenvolvimento dos filhotes, sem desequilíbrios nutricionais, é importante escolher bem qual dieta fornecer. Não se devem utilizar sobras de comida, pois estas são deficientes em muitos nutrientes. Já as rações são alimentos nutricionalmente completos e balanceados e dispensam totalmente o uso de suplementos;

7.   A quantidade de alimento a ser fornecida para o filhote pode ser encontrada na própria embalagem do alimento com base no peso do animal, mas essa quantidade presente na embalagem é apenas uma orientação e podem ocorrer variações entre os filhotes.

A escolha de um alimento industrializado completo e balanceado de qualidade fornece todos nutrientes que o cão necessita e promove uma nutrição adequada que é essencial para os cães e gatos filhotes crescerem bem, para uma vida mais longa e saudável!

Fique por dentro dos novos conteúdos do nosso blog

Deixe uma resposta

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Relacionados