Gestão

Blog veterinário: Como partilhar artigos com os leitores?

As redes sociais chegaram para ficar. Por isso, seguem algumas dicas para melhorar a sua gestão ou para te convencer a criar uma página numa delas. Apanhe a caravana das novas tecnologias para poder criar o seu próprio blog veterinário!

Blog veterinário: o espaço perfeito para ser visto

Hoje em dia os blogs estão se tornando gradualmente uma ferramenta de comunicação muito útil. Não apenas no âmibto pessoal, mas também no profissional. São uma forma muito atual e moderna de conseguir visibilidade, para além da conseguida com publicidade em revistas, jornais e televisão, ou mesmo a de outras redes sociais, onde é bastante complexo conseguir monitorar o retorno do investimento. O blog é um espaço no qual o veterinário tem a possibilidade e a particularidade de poder criar conteúdos de interesse único e de os partilhar com os colegas e clientes, gerando um estilo e uma marca próprios. E, acima de tudo, é o espaço perfeito para ser visto. Criar o seu próprio blog veterinário poderá ajudá-lo a se afirmar como um profissional competente e perito no mundo veterinário.

Depois de tomar a decisão de criar o seu próprio blog sobre veterinária, e se não for um nativo digital e não possuir desenvoltura nas redes sociais, será normal que lhe surjam muitas dúvidas.  Com que periodicidade devo publicar conteúdos? Como escrevo um artigo? Os utilizadores gostaram dos últimos artigos? Será útil ter um perfil no Facebook?

primeiro passo é planear a temática: É necessário colocar-se no lugar do utilizador e refletir sobre quais são as perguntas mais frequentemente colocadas, para saber o que procuram num blog de veterinária. Será muito adequado indagar enfermeiras e auxiliares veterinários sobre quais acreditam ser estas perguntas.

Também é importante planificar o que se pretende atingir com o blog: compartilhar informação científica, novos produtos, cuidados com os animais… Talvez lhe interesse mais compartilhar conteúdos sobre os novos serviços disponibilizados na sua clínica veterinária, publicitar os eventos organizados ou falar sobre a sua equipe de trabalho. Pode organizar o seu blog em diferentes partes de acordo com os temas abordados, como forma a ajudar o leitor a orientar-se.

Por último, também poderá partilhar, de forma regular, algum artigo oriundo de algum blog que siga, como o de Guabi Natural, referindo sempre a fonte.

Um título atraente: O título é o primeiro a ser lido num artigo, e é o que muitas das vezes nos compele a decidir se o vamos ler ou não. De início, escolha um tema, e à medida que for escrevendo modifique o título.

Um formato legível: Um formato adequado facilita a leitura e a compreensão. Guie-se pelos espaços em branco. Uma ideia, um parágrafo. Assinale as passagens mais importantes em negrito, para atrair a atenção para esse ponto.

As imagens também são importantes: comece incluindo uma no início do artigo para atrair a atenção do leitor. Deverão ser imagens alusivas ao conteúdo do artigo.

Complete o blog com informação de interesse: Ao escrever sobre um tema específico, indique fontes fiáveis onde o leitor possa encontrar informação mais detalhada. Isso atribuirá credibilidade ao artigo, e ajudará a que o leitor considere o seu blog veterinário um espaço indicado para encontrar informação de qualidade e adaptada às suas necessidades. Indicar fontes externas sob a forma de hiperligações no seu artigo irá acrescentar valor ao mesmo.

Explicamos-lhe como compartilhar um artigo para difundir referências científicas do setor veterinário. Apenas deve clicar nos botões de compartilhamento.

A importância das redes sociais: Para estar presente nelas de forma perceptível, deve publicar artigos de qualidade no seu blog de veterinária, sejam eles próprios ou uma seleção daquilo que julga mais interessante para os seus clientes. O blog e os seus conteúdos constituem uma excelente ferramenta de fidelização dos clientes da clínica, mas é igualmente importante que os utilizadores tenham acesso a esses conteúdos. É neste ponto que as redes sociais assumem especial importância. Servem para publicitar e difundir os seus artigos, e também para que os seus utilizadores os compartilhem. Por essa razão, deverá incluir ferramentas para compartilhamento dos seus artigos no início deles.

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Relacionados