Alimentação

Por que a troca de alimento do seu pet deve ser gradativa?

Algumas pessoas não sabem, mas são muitas as razões que podem tornar necessária a troca do alimento do seu gato ou cão de estimação. Talvez o pet tenha passado pelo processo de castração. Talvez tenha sido diagnosticado com alguma doença que exija uma mudança na dieta.

Independente do motivo, uma coisa é certa: a troca do alimento deve ser feita sempre de maneira gradativa. Afinal, quando um pet está muito tempo acostumado a determinado alimento, seu sistema digestivo adapta-se a cada um dos ingredientes presentes em sua dieta. E, caso a troca gradativa não seja feita corretamente, o pet pode sofrer os mais diversos distúrbios gastrointestinais, como vômitos e diarréia. Isso acontece por um simples motivo: seu trato gastrointestinal e bactérias intestinais ainda não estão acostumados à nova alimentação.

Porém, nem todos os motivos de rejeição da nova dieta devem-se à sensibilidade do sistema digestivo dos pets. Se o processo de substituição não for feito de forma gradativa, alguns cães e gatos podem ter mais dificuldade em aceitar o alimento. E isso não se deve necessariamente a uma má qualidade ou palatabilidade do produto, mas apenas ao fato de demorarem a se acostumar com um novo sabor. Sendo assim, para que problemas como estes não ocorram é fundamental seguir rigorosamente as informações de troca gradativa presentes nas embalagens. Combinado?

No gráfico abaixo, você pode conferir como a transição é bem simples e dura apenas 5 dias. Veja como é fácil: no primeiro dia, você servirá ao animal apenas 10% da refeição com o novo alimento e 90% com o antigo. Depois basta ir aumentando gradativamente o novo alimento ao longo dos dias, ao mesmo tempo em que diminui o antigo. E pronto! Ao final de cinco dias, a transição será concluída e o seu pet já estará consumindo 100% do novo alimento.

Viu só como é importante conhecer um pouco mais sobre os cuidados alimentares do seu pet? Afinal, eles são parte da nossa família e merecem sempre o melhor. Por isso, continue lendo, aprendendo e, claro, oferecendo alimentos de alta qualidade, repletos de nutrientes que os cães e gatos precisam para cada fase de vida. Este é, sem dúvida, o primeiro e importante passo para uma vida mais longa e saudável.

Fique por dentro dos novos conteúdos do nosso blog

Deixe uma resposta

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Relacionados