/

Alimentos úmidos: Como e por que usá-los no dia a dia dos pets?

Alimentar é uma das formas mais comuns e importantes de reforçar o vínculo afetivo entre as pessoas, criando memórias afetivas importantes que contribuem positivamente para o desenvolvimento dos humanos desde o nascimento. E entre tutores e pets não é diferente! Com pets, a maneira mais comum de fazer isso é oferecendo petiscos variados, além da alimentação seca. Apesar de permitida, se for realizada de maneira inadequada essa inclusão pode ocasionar desbalanços nutricionais, predispondo o pet ao ganho de peso e, consequentemente, à obesidade.

Entretanto, isso não quer dizer que a inclusão de complementos alimentares, secos ou úmidos, trazem prejuízos à saúde do pet e sim que há uma maneira correta de fazer isso. Vamos entender um pouco mais sobre isso no texto de hoje.

Oferecer alimentos de diferentes texturas e composições é uma prática cada vez mais frequente no dia a dia dos pets. Com o avanço nos estudos da nutrição em cães e gatos, alguns benefícios associados a essa prática já são claros e muito explorados pelos veterinários, principalmente quando falamos do mix de alimentos secos e alimentos úmidos.

Os alimentos úmidos, seja na forma de sachês ou patês, são o tipo de complemento mais usado devido a sua alta aceitação por parte dos pets. Entre os principais benefícios, além de servir como uma forma de agrado ou recompensa depois de um dia inteiro longe, podemos destacar a indicação para pets com o paladar seletivo ou caprichoso, característica muito comum em cães de raças mini e pequeno porte, e o estímulo ao consumo de água. 

Muitos não sabem, mas a água é um nutriente essencial para a manutenção da vida e das funções biológicas e uma pequena perda pode ser fatal.

Por isso, os alimentos úmidos são a melhor forma de contribuir com o consumo diário de água, uma vez que eles contam com alta quantidade de água (umidade) em sua composição, ajudando na hidratação de alguns pets, como cães de porte mini e pequenos e principalmente gatos, que têm dificuldade em consumir a quantidade de água sozinhos.

Para tanto, é importante que essa textura seja apresentada na infância, no chamado período de socialização, principalmente para os gatos, para que eles aceitam com facilidade essa textura nova. 

Esse tipo de alimento também pode e tem sido muito utilizado como reforço positivo em aulas de comportamento, para enriquecimento ambiental e para reduzir potenciais situações em que o estresse possam comprometer a saúde ou qualidade de vida do pet, como em práticas hospitalares, vacinas e procedimentos mais invasivos, como coletas de sangue, promovendo maior bem-estar e transformando uma situação negativa em uma experiência menos traumática.

Pensando nisso, Guabi Natural traz mais uma novidade na sua linha de sachês: dois novos sabores para cães e outros dois para gatos!

Sabores dos novos alimentos úmidos:

Além dos sabores frango e frango e salmão já existentes no portfólio, a linha de sachês Cereais Integrais para cães agora conta também com os sabores carne bovina, arroz integral e vegetais e carne bovina, frango, arroz integral e vegetais para cães.

Já para os gatos, os sabores novos são carne bovina, arroz integral e cenoura e carne bovina, frango, arroz integral e vegetais. 

Guabi Natural Sachê foi desenvolvido para complementar a dieta do pet de forma natural. Além de ser feito com ingredientes naturais e não ter adição de conservantes, corantes ou aromas artificiais, são apenas 20 calorias por sachê de cão e 18 calorias por sachê de gatos, aliando saúde e qualidade para uma vida mais longa e saudável!

Experimente! Seu pet vai adorar essa experiência!

Não perca tempo, confira outros conteúdos sobre alimentação, bem-estar e dicas em nosso blog e redes sociais

Relacionados

Minha gata simplesmente amou

Sem transgênicos, corantes e conservantes artificiais, ainda cuida do trato urinário. Minha gata simplesmente amou, ela prefere a ração do que sachês. por Lúcia