/

Seu cão é obeso? Saiba identificar!

A obesidade é considerada atualmente como a doença nutricional de maior incidência no mundo, tanto para pets quanto para humanos. Considerada como uma doença sistêmica e multifatorial, ela é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, e pode ser causada por diversos fatores, como dieta inadequada e predisposição genética. Você sabe se seu cão está obeso?

Apesar de muito conhecida e estudada, a obesidade ainda é um desafio, principalmente porque os tutores ainda não conseguem identificar a obesidade em seus pets, dificultando o diagnóstico e, consequentemente, o tratamento. Por isso, a prevenção ainda é a melhor estratégia, mas como saber se seu cão está obeso? O que precisamos observar? 

Quando pensamos em obesidade, logo ligamos o fato ao peso. Porém, não é somente isso que determina se um animal está obeso ou não obeso. Tão importante quanto o peso, temos a avaliação do Escore de Condição Corporal. O ECC, como é chamado, juntamente com o peso, determinam o grau de obesidade do cão e nos guiam para a escolha do melhor alimento e estratégias para que se tenha sucesso no tratamento.  

Através da avaliação do ECC, conseguimos também determinar a porcentagem de peso que o cão está acima do seu peso corporal ideal. Essa informação é fundamental para a escolha do alimento, pois dependendo de qual o escore do cão, ele precisará ou não de um alimento coadjuvante para a obesidade. Sendo assim, cães com ECC 6 ou 7 se encontram com sobrepeso, ou seja, com 10% a 30% acima do peso ideal, necessitando de um alimento light.

Já cães com escore 8 ou 9 se encontram em obesidade, pois estão acima de 30% do seu peso considerado ideal, necessitando assim de um alimento coadjuvante para obesidade. Assim, um cão de 10 kg pesando 11 kg já se encontra em sobrepeso com apenas 1 kg acima do peso corporal ideal. Muitos podem achar pouco, afinal é apenas 1 kg a mais, porém quando trazemos essa situação para o nosso dia a dia, seria o mesmo uma pessoa que pesa 60 kg carregar uma mala de 6 kg o dia todo! Por isso, fique atento: o que parece pouco para nós pode ser muito para eles!

Acha que seu cão está com problemas de peso? Consulte o médico veterinário que o acompanha e converse com ele sobre obesidade. Lembre-se: obesidade é uma doença e seu tratamento requer uma nutrição específica e por isso deve ser acompanhado de perto pelo veterinário!

Relacionados

Minha gata simplesmente amou

Sem transgênicos, corantes e conservantes artificiais, ainda cuida do trato urinário. Minha gata simplesmente amou, ela prefere a ração do que sachês. por Lúcia